Este é, sem dúvida, o lugar que eu mais ansiava conhecer. E aqui estou, diante do Getsêmani – não por acaso, no Santo Sábado [Gn 2:3].

IMG_1988
O jardim, no Monte das Oliveiras, é o local onde Jesus e seus discípulos oraram na noite anterior à crucificação.

Diante destas Oliveiras, Jesus orou, angustiou-se, entristeceu-se [Mt 26:36-39]… o Filho do Homem seria levado para a maior de suas provações. Ele seria traído, cuspido, açoitado, humilhado [Mc 15:16-20], morto… morte de cruz [Lc 23:33-46].

Ainda assim, o Messias se entregou à vontade do Pai [Mt 26:42], o soberano plano de salvação de Deus, que ao entregar o Seu filho, permite a humanidade fugir da condenação do pecado e buscar a vida eterna [Jo 3:16]. Fomos lavados pelo sacrifício do Cordeiro perfeito, nossa vida foi comprada e a preço de sangue inocente.

Por amor, na sua mais íntima e profunda definição. O mesmo amor que nos convida a abrirmos mão de quem somos para deixar habitar em nós o Santo Espírito de um Deus eterno, soberano e Vivo [Lc 9:23-24].

 

* Texto escrito em 03 de fevereiro de 2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s